sexta-feira, 11 de junho de 2010


POR QUE NOS ESCONDEMOS DE DEUS?

UMA VISÃO TEOLÓGICA DE GN3:8-13


8 E ouviram a voz do SENHOR Deus, que passeava no jardim pela viração do dia; e esconderam-se Adão e sua mulher da presença do SENHOR Deus, entre as árvores do jardim.
9 E chamou o SENHOR Deus a Adão, e disse-lhe: Onde estás?
10 E ele disse: Ouvi a tua voz soar no jardim, e temi, porque estava nu, e escondi-me.
11 E Deus disse: Quem te mostrou que estavas nu? Comeste tu da árvore de que te ordenei que não comesses?
12 Então disse Adão: A mulher que me deste por companheira, ela me deu da árvore, e comi.
13 E disse o SENHOR Deus à mulher: Por que fizeste isto? E disse a mulher: A serpente me enganou, e eu comi.



O homem é induzido a pecar pela a ação maligna de Satanás e uma vez convencido, o homem, de cometer tal pecado, este o acusa diante de Deus; e como conseqüência o homem se esconde de Deus. Não poucas vezes encontramos pessoas que passam suas vidas se escondendo de Deus, evitando o contato com o evangelho por julgarem que suas vidas estão tão manchadas pelo pecado, e passam a crer que Deus não as receberia no Seu reino ou no âmbito religioso. A idéia mal apresentada da religião é outra coisa que afasta o homem do Criador, pois muitos são os dogmas implementados pelo próprio homem, e fórmulas complicadas para se alcançar a misericórdia do Senhor, que desperta no incrédulo no mínimo suspeitas.

A igreja de Cristo na terra tem um papel principal, que é apresentar a Cristo como o fiel representante da salvação de Deus para os homens que em Adão pecaram. Muitas vezes passamos um longo período ensinando muitas coisas com base nas escrituras, mas sem não cuidarmos de apresentar o Cristo ressuscitado, vivo e que está entre nós. Muitas vezes damos muita ênfase ao Jesus morto, quando é o Jesus ressuscitado aquele que faz a obra de restauração da vida.
O pecado entrou no mundo em Génesis 3 e perdura até os dias de hoje, por não haver uma veemente disposição de combatê-lo com a verdade. Jesus Cristo disse: “Eu sou porta das ovelhas...”, “Eu sou o caminho a verdade e a vida...”, e também “ Eu sou a luz do mundo”. Mesmo assim muitos têm seus olhos e ouvidos fechados para estas verdades e procuram se esconder de Deus em seus pecados e delitos como fez a princípio Adão e Eva.

Como reestabelecer então o contato com a fonte de água viva, com o Criador? A resposta consiste em arrepender-se de toda maldade, toda malícia e todo pecado que te esconde Deus. No Éden Deus sacrificou um animal para cobrir o pecado de Adão e Eva, pois estes haviam se coberto com folhas da figueira, que prefigurava a lei, porem a lei não cobre o pecado, a lei, em verdade, condena o que está em pecado.
Sobretudo, o arrependimento e reconhecimento do sacrifício de Jesus no calvário é que vem para te livrar da condenação do pecado e te trazer de volta para Deus. Assim como um cordeiro foi sacrificado para cobrir a nudez (pecado) de Adão e Eva, o cordeiro de Deus sofreu o sacrifício para tirar o meu, os seu e o pecado de toda a humanidade. Jesus é o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo conforme testificou João Batista (Jo 1:36).

Muitos são os que desconhecem esta verdade e por não entender o mistério da revelação em Cristo e tem se tornado vitimas do “adversário que anda ao derredor rugindo como o leão buscando a quem tragar” (1pe5:8). Quebre as forças do mal através de uma vida de arrependimento, renúncia, perdoando os que te feriram, e buscando a face do Senhor enquanto se pode achar, invocando-o enquanto está perto (Is 55:6).

Notamos nos versos 12 e 13 do capítulo 3 de Gênesis algo que ainda hoje se faz presente no meio do povo. A necessidade de encontrar um culpado para nossas próprias falhas e assim muitos seguem se defendendo através da acusação de outrem. É hora de assumirmos a verdade sobre nós mesmos e dizer: “Senhor! Pequei, contra ti somente pequei...” (Sl51:4).

Ao confessarmos nossos pecados diante do Senhor ele nos lava de todo o pecado e nos tornamos alvos como a branca neve e tudo que temos que fazer daí em diante é nos conservarmos em novidade de vida. Pois nenhuma condenação há para quem está em Cristo Jesus (Rm8:1) e se alguém pecar temos um advogado diante do Pai (1Jo2:1).

Busquemos então uma vida santa em Cristo e conservemos nossas almas e vestes longe do pecado, da vida dissoluta, dos vícios que profanam o templo do Espírito Santo, e da mentira para alcançarmos o favor imerecido que provém de Deus e vivermos na “paz que excede todo entendimento”.

Que Deus abençoe sua vida para sempre.


Pb. Gilmar Braga

Um comentário:

Blog de Gisoalves, A paz de Deus esteja com nós* disse...

ÓLA JILMAR TUDO BOM, EU VISITEI SEU BLOG E GOSTEI MUITO DA SUAS PALAVRAS QUE FALA EM DEUS E QUE TRAZ A PAZ AS PESSOAS. A PALAVRA DE DEUS CABE EM QUALQUER LUGAR, POR ISSO MEUS PARABÉNS PELA MENSSAGEM QUE SÓ TRAZ A VERDADE DA PALAVRA, EU TAMBEM TENHO UM BLOG QUE É DE VARIRDADE, MAIS TEM ALGUMAS PALAVRAS DA BIBLIA, VAZ UMA VISITINHA NO MEU BLOG E AVALIE. SAUDAÇÕES QUE DEUS ABENÇOE!